Home > Bruno Latour, network > Popped Up and Break Free!

Popped Up and Break Free!

Popped Up and Break Free!

Qual a sua definição de grupo social? Nessa controvérsia, Latour (2007) mostra que toda

formação ou grupo social deixa traços de sua ação coletiva. Longe de ser algo estável, um

grupo social é mais um movimento, uma performace na qual:

– O grupo sempre apresenta uma produção cultural.
– É imanente a geração de anti-grupos ao próprio grupo.
– A partir do momento em que seus participantes começam a delimitar e categorizar as ações do grupo é o início do seu fim.
– Os estudiosos de grupos sociais são participantes ativos desses, estando envolvidos e influenciando suas ações.

Grupos sociais são formados por mediadores, dos quais não se tem nenhum controle e são eles mesmos os únicos capazes de dizer a respeito do movimento no qual estão envolvidos. Não parte do sociólogo esse olhar mas do próprio ator.

Segundo Latour, coletivos sociais nem mesmo precisam ser formados por laços humanos.
Uma performance na qual valores considerados positivos como fidelidade, amizade, confiança são capazes de se misturar, se perder…se transformar em negativos, dependendo do tipo de associação.

Este pode não ser um caminho fácil para o delineamento de uma análise social, mas é o caminho da rede, dos atores em suas intrincadas associaçõe, das quais surgem movimentos emergentes.
Ponto importante é a liberdade dada ao ator de informar a sua própria condição no grupo.

Categories: Bruno Latour, network
  1. No comments yet.
  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: